Eu não tô na Vogue

Posts tagged regata

0 notes &

Sim, calor assim

Hoje foi praticamente um dia de verão! Com direito a termômetro marcando 82 Farenheit (aproximadamente 27 graus!)

De manhã fui à lavanderia e já deu pra sentir que hoje, definitivamente, não precisava de meia calça pra sair de casa! Então, jeans e regata (nova!). Passei o dia assim mesmo, sem jaqueta nem nada! Fui dar uma volta pelo SoHo e foi uma delícia… Não estava muito no clima de fotos, então só tirei essas no provador da Topshop (que aliás, achei péssima: peças de baixa qualidade e preço exorbitante quando comparada com Forever 21 e H&M).

A regata tem um leve mullet e estampa meio étnica. Essas estampas já invadiram a primavera e devem durar fácil até o verão, porque estão por todos os lados! Mas isso é assunto para um próximo post, que eu juro que vou fazer antes de ir embora, com todas as tendências que tenho visto pelas ruas da cidade da maçã. :)

(detalhe do broche encontrado no dia de compras vintage por Williamsburg)

(óculos gatinho e batom russian red, companheiro inseparável)

Regata Urban Outfitters

Jeans Gap

Broche Amarcord Vintage

Óculos Beancon’s Closet

Rasteira Arezzo

*Acabo de descobrir pelo Google que hoje (20/03) é o primeiro dia de primavera! 

 

Portanto, mais dias ensolarados pela frente… Ótimo, pois vou poder começar a usar minhas comprinhas! rs

Filed under jeans primavera NY regata broche óculos batom

0 notes &

Nice to meet you Forever 21

Alerta: este post contém fotos péssimas tiradas em provadores feios.


Primeiro dia em NY, não quis nem saber de jet lag! Acordei relativamente cedo e fui fazer o percurso de metrô até o local onde será o curso. Estou hospedada no Brooklyn, por isso levaria cerca de 40 minutos para chegar em Manhattan. Levei mais de uma hora nesse primeiro dia, mas tenho fé que vou parar de me perder no metrô em breve. Apesar de toda empolgação por estar aqui e tal eu fiz uma pequenina besteira: não trouxe guia da cidade! Então, assim que cheguei na porta do prédio do curso não tinha mais nada planejado para o resto do dia! Jênia*, eu sei.

Dei uma olhada no mapa, vi que estava ao lado da Broadway e pensei:

“Por que não ser uma autêntica turista brasileira em NY? Vou pra Times Square!”

Pra quem conhece, ali é repleto de lojas que, em sua maioria, são gigantes. Nessa imensidão de luzes e caixas registradoras ansiosas por turistas eis que me deparo com a famosa Forever 21. Juro que fiquei até emocionada! Hahaha! Seguinte, a última vez que vim para os EUA foi em 2007 e, que eu me lembre, essa loja nem existia. Nos últimos anos ouvi diversos relatos de como essa era a loja mais incrível da estratosfera e morria de curiosidade de conhece-la. Mas, eu tenho sempre uma desconfiança com essas coisas super incríveis que todo mundo ama, pois eu tenho uma alma meio do contra, adoro discordar da maioria.

Acontece que dessa vez a maioria sambou na minha cara, pois eu adorei a Forever! Só pra vocês terem uma ideia, a loja tem 4 andares enormes e eu tomei um susto quando vi o tamanho daquele lugar. Agora, além da quantidade de coisas, obviamente o maior atrativo deles é o preço, pois é ridículo. Ridículo mesmo, do tipo paguei 4 dólares em uma camiseta branca (a minha última havia custado 60 reais na promoção). Apesar das minhas 3 viagens ao provador, acabei levando apenas 5 peças e todas básicas (devo ter provado mais de 30 e de todos os tipos). Abaixo estão algumas fotos, toscamente tiradas naquele provador uó onde as funcionárias ficam gritando e falando palavrões ao invés de te atender. Provei saia mullet, saia longa com tecido transparente por cima, muitas blusinhas e até uma pantalona estampada (na foto).

(essa regata eu comprei e achei rolou um mix de estampas muito interessante com a calça… pena que ela não caiu bem!)

(esse blazer está na wishlist! acabei  pegando o tamanho errado e fiquei com preguiça de voltar para pegar outro quando mudei de andar pois ele estava logo na entrada…)

(me apaixonei por essa estampa, mas não gostei muito do modelo…)

(eu dobrei o forro da saia porque estava desejando muito uma saia transparente, mas fiquei parecendo um balão justamente por causa do tecido transparente por cima…) 

Acabei levando apenas uma camiseta branca, um tricô preto, uma regata ferrugem, uma regata estampada e um blazer meio kimono (essas duas últimas são menos sem graça e eu acabei de tirar mais fotos toscas para mera ilustração).


(acho que não rola ver na foto, mas a parte de trás dela é transparente! <3) 

Emoções a parte, assim como H&M, Topshop e derivadas, a qualidade das roupas é bem contestável. Sinceramente, se você ficou chocada com a mão de obra escrava da Zara não deveria passar nem a 100km da Forever 21, porque ali o bagulho deve ser escravo nível avançado para as coisas poderem custar o que custam. Obviamente os tecidos são todos absolutamente sintéticos o que pra mim, nesse momento, não é interessante já que venho buscando mais qualidade do que quantidade no guarda roupa. O que eu gostei bstante foi da seção de básicos que tem inúmeros modelos de regatas, camisetas e blusas de manga longa de diversas cores (e nessas peças até tem uma porcentagem de algodão). Mas, acho que vale a pena comprar uma coisinha ou outra por ali, especialmente peças que são meros modismos e não precisam durar mais que uma ou duas estações.

Sorry pelo post gigante, mas precisava compartilhar essa experiência! Ia falar de outras lojas, mas elas acabam de ganhar um post novo, porque eu não aguento mais escrever, nem vocês aguentam ler. 

Beijos e até o próximo post!

*Eu sei que gênio é com “g”, essa é apenas uma brincadeirinha de uma amiga que eu acho ótima. 

Filed under NY compras fast fashion forever 21 pantalona saia longa regata blazer estampa tricô

3 notes &

Baladinha tranquila

Na sexta feira estava indo para o aniversário de uma amiga no Gorila Café e pedi pro namorado tirar foto só do cabelo, porque eu estava muito orgulhosa dele, e ele acabou tirando foto de tudo. Como eu adorei o resultado final, resolvi mostrar pra vocês! Raramente eu coloco looks de noite aqui, quer dizer, não que esse seja um exemplo de roupa pra balada, mas é a prova de que um salto e alguns detalhes que te tirem a cara de “dia a dia” transformam qualquer roupa. 

Adorei a pegada meio espanhola que foi totalmente acidental! Havia visto na quinta feira um vídeo sobre cabelos curtos e resolvi experimentar os “torcidinhos” prendendo a peruca toda. Acabei colocando um grampinho de flor, daí veio o batom vermelho porque eu achei que estava muito sem cor e, já estava me dirigindo ao elevador, quando peguei o lenço grandão para aguentar o vento dessa linda época de (not) verão paulistano. Loved it!

Jeans Gap

Regata Zara

Lenço H&M

Colar Bohm

Sapato New Order

Batom Russian Red da MAC

Filed under jeans regata lenço colar salto balada

4 notes &

Básico jeans+regata

Depois de uma noite não dormida qual a vontade que o ser humano tem de se vestir na hora de ir para o trabalho? Pois é, depois de uma noite acompanhada da Sonny (é minha insônia, já somos tão próximas que temos apelidos, fofo né?), o máximo que eu pude fazer essa manhã foi apelar para o jeans e a (única) regata básica do meu armário. Só para tentar alegrar a cara de sono, o colar branco, que o namorado trouxe da Bahia ano passado. E, como a regata é muito longa, um nozinho na lateral.

A bolsa verde (com essa estampa que eu amo) foi a última escolha para dar um plus no look todo dark desse dia de verão.

Regata Zara

Jeans Gap

Colar da Bahia

Bolsa comprada em Londres

Rasteira New Order

Filed under jeans regata preto colar rasteira

0 notes &

Look do “tcc”

Quinta feira passada acabou o workshop da Oficina de Estilo! Pois é, muito triste, mas com muuuuitos resultados positivos. No primeiro dia, tivemos que dizer rapidamente quem éramos, e, para fechar, tivemos que nos reapresentar. Isso porque ninguém ali saiu igual ao que entrou, eram todas novas mulheres! Enfim, dessa vez tinha que fazer um ppt e montar três looks conscientes, explicando o por que de cada um com base naquilo que vimos nas semanas anteriores (tratei logo de apelidar a apresentação de tcc).

O look da foto foi o meu preferido, pois misturou as listras (que são minha mais recente paixão), com o lenço (que já havia definido como signature look), maxi colar e a parte de baixo neutra. Como a regata é bem grande, coloquei para dentro para não criar uma linha horizontal na altura do quadril, parte do corpo que eu mais procuro disfarçar desde sempre.

Eu amo esse lenço com colar por cima e, modéstia à parte, me orgulho muito dessa ‘invenção’. Óbvio que eu não devo ser a única pessoa do mundo que usa o lenço com colar desse jeito, mas como eu nunca vi em nenhum lugar, considero sim uma marca registrada minha.

A foto está uó, pois fiz os looks do tcc na madrugada de quarta para quinta feira passada. Mas curti tanto (e até recebi elogio da prof) que vim trabalhar com ele na sexta. Fiquei com preguiça de tirar foto de manhã, por isso vai a foto da madruga mesmo. =)

Regata e lenço Têca

Calça Levi’s

Colar Accessorize

Rasteira Arezzo

É tão legal você sair de casa se sentindo super bem, né? 

Filed under Calça preta Lenço colar pérolas regata rasteira oficina de estilo

6 notes &

Essentials - The Perfect 10

Fazendo compras (mais do que nunca) imaginárias no Net-a-porter, me deparei com uma seção muito interessante, a de “Essentials”. Já estava em um momento de busca por peças essenciais para o meu guarda roupa, mas depois do workshop ficou ainda mais claro a necessidade de termos determinadas peças. Adorei a lista do Net-a-porter e fiz a minha seleção dentre as opções que eles disponibilizam. Descobri que a Miu Miu é minha alma gêmea. Triste, pois sei lá eu quando eu vou poder adquirir um suéter de 485 dólares… Mas, enquanto compramos as versões de 49,90 da Zara, vale usar essa listinha como referência.

#1 - Shirt: camisa de crepe de seda, T by Alexander Wang

#2 – Knits: suéter de cashmere e seda, Miu Miu

#3 – Jeans: bootcut, Citizens of Humanity

#4 – Leather jacket: Theory

#5 – Classic bag: Proenza Schouler

#6 – Flats: couro metalizado, Chloé

#7 – The Blazer: de lã, Stella Mccartney

#8 – The Trench: algodão acetinado, Burberry

#9 – Jersey basics: I) regata preta, T by Alexander Wang; II) vestido, Thakoon Addition

#10 – The Underpinning: seria a ‘base’ da roupa, lingerie e camisetes, mas eu não curti nada do site. O meu essential nesse caso seriam aqueles shortinhos que ajudam pra caramba quando o vestido/saia são de um tecido muito fino e marcam até…. mas sem compressão para não marcar as gordurinhas, né!

Filed under essentials camisa blazer trench coat jeans regata vestido Sapatilha jaqueta de couro net-a-porter suéter

1 note &

Signature look

Finalmente uma noite bem dormida! Apesar de ter deitado super tarde, as risadas e excesso de açúcar da noite passada me fizeram um bem danado, acordei descansada. Obviamente, isso se refletiu no look, que praticamente se fez sozinho. Para a lição do workshop tínhamos que identificar nossa signature (aquilo que faz as pessoas lembrarem de você, que você sempre usa, mas cada vez de um jeito novo)e eu concluí que a minha são os lenços. Por isso resolvi usar um hoje e de um jeito novo, que eu vinha tentando usar há tempos mas nunca encaixava muito bem com o resto, amarrado no pulso. Ele faz as vezes de pulseira mas com um charme muito mais único. Até tentei colocar alguma pulseira por cima, o que ficaria bem legal, mas não rolou nesse caso.

Daí a regata verde da Lacoste (roubada do guarda roupa da mama) que é meu novo vício! Tenho um leve bode de camisa pólo (nunca consigo usar direito), mas as regatas da Lacoste me conquistaram. Com o jeans escuro-flare-perfeito da Gap fiquei me sentindo chiquérrima. Ah, como a calça anda meio larga tive que colocar o cinto, então coloquei a regata um pouquinho para dentro para ele aparecer e para dar uma acinturada. 

Coloquei um sapato bem claro, para não disputar as atenções com o resto, que foi arrematado com um batom vermelhão (Russian Red d MAC, direto do armário da Bá).

Regata Lacoste

Jeans Gap

Cinto Accessorize

Lenço do baú da mamãe

Óculos Marc Jacobs

Bolsa Longchamp

Sapato Arezzo

E vocês, já pararam pra pensar em alguma coisa que é super a “sua cara”? É um exercício bem bacana… Tente fazer! Se quiser ajuda, pode me chamar! ;)

Beijocas

Filed under regata jeans cinto lenço óculos signature oficina de estilo

2 notes &

(sem) cores

Amanhã é o terceiro dia do meu workshop com as meninas da Oficina de Estilo, e o legal do curso é perceber melhor o seu estilo e o seu guarda roupa. Dessa maneira, você cria uma consciência na hora de se vestir que consegue mostrar exatamente aquilo que você quer passar para os outros. Com os exercícios é possível perceber coisas que nem imaginávamos. Eu achava que já tinha super consciência do meu modo de me vestir, mas eis que a última lição de casa me revela uma interessante surpresa.

Tínhamos que colocar em prática o que foi visto na última aula: cores. Durante a aula recebemos uma palheta com as cores que realçam a nossa coloração de pele, que já que não temos como mudar (a não ser que você seja o Michael Jackson ou a Donatela Versace), deve trabalhar a nosso favor. É impressionante como as cores realmente têm o poder de transformar uma pessoa!

Anyway, cheguei em casa com a minha cartelinha repleta de cores bonitas e comecei a procurar peças para compor os 3 looks da lição. Surpresa: eu ao tenho roupas coloridas! Na verdade, eu só tinha uma blusa que estava na cor da cartela, que por acaso era a que eu estava vestindo. Aliás, não é que eu não tenha nada colorido, eu não tenho é variedade de cores no armário. Comecei a reparar que tenho muita coisa azul, preto e algumas outras cores perdidas que não estão na cartela. Mas, como a Fê disse, ninguém precisa cortar os pulsos, é só roupa, por isso fiz o que pude com as peças disponíveis.

Ah, um dos meus objetivos é diferenciar o meu modo de me vestir para o trabalho e para lazer. Ok, eu trabalho em agência e não existe dress code, mas eu sinto que preciso um pouco disso. Então, o primeiro look é o que eu usei segunda feira, um pouco mais arrumadinha, de salto (!), e com contrastes de cores.

Já o segundo look é o de hoje, também azul, mas com mistura de estampas para não ficar totalmente boring. A regata de cisnes já é meio velhinha e eu uso super pouco, mas acho que fica bem bacana com a camisa listrada. O toque de cor fica por conta da sapatilha rosa e outros detalhes, como os brincos, anéis e relógio, dão uma outra cara para esse momento tão azulado.

Aliás, adoro colocar esse brincão com roupas simples, fica o perfeito “hi-lo” (odeio esses nomes, mas ok). Outro dia foi engraçado que uma vendedora ficou me olhando vidrada e veio elogiar o brinco, quando eu falei que era da Accessorize ela até voltou a respirar, pois tinha achado que era ‘de verdade’. Hahahaha! Até comecei a ficar com um medinho de usá-lo, vai que um ladrão também acha que é de brilhantes, né? Mas hoje esqueci desse fato e adorei o contraste.

Bueno, amanhã tem aula de novo e vamos ver um pouco sobre silhuetas. Estou super ansiosa, pois acho que vai ser bem esclarecedor pra mim. Depois eu conto como foi!  ;)

Outfit #1

Blusa Zara

Calça Iódice

Colar esqueci o nome da marca!

Sapato Arezzo

Outfit #2

Regata Salinas

Camisa Le Lis Blanc

Jeans Armani Exchange

Brinco Accessorize

Anel feirinha em Barcelona

Relógio Esprit

Bolsa Gap

Sapatilha Arezzo

Filed under cor azul Oficina de estilo jeans salto camisa regata preto sapatilha brinco anel

5 notes &

It’s a beautiful day!

Ansiedade a mil no dia de hoje! Primeiro, porque hoje começa o meu workshop de estilo pessoal e, segundo, porque amanhã eu vou pra Buenos Aires (finalmente viajar um pouco e conhecer a casinha da minha outra BFF, a Maricots, que odeia esse apelido, mas já confessou que sente falta). Aliás, arrumei uma mala impecável ontem à noite, acho até que vou compartilhá-la com vocês, tiro fotos quando chegar e coloco aqui amanhã.

Mas, voltando ao dia de hoje… Eu vou praticamente realizar um sonho! Apesar de não achar que eu me visto tremendamente mal, eu acredito muitíssimo no trabalho de um personal stylist. Por demandar uma grana razoável, eu nunca vi a possibilidade de contratar uma nessa etapa da minha existência, mas eis que surge uma alternativa no mercado (e um básico paitrocínio)! As queridas da Oficina de Estilo, Fê e Cris, lançaram esse workshop que vai ter as mesmas informações do trabalho de personal delas, mas em grupo, ou seja, mais barato. Estou super ansiosa, e vou contar sobre os encontros por aqui. Aguardem!

Sendo assim, o dia precisava de um outfit bonitinho, né? E existe jeito melhor de se sentir ótima do que estreando roupa nova? Essa blusa tem uma pegada meio kimono, meio colete, meio maravilhosa! Foi uma das aquisições da Nonemi, que é a loja incrível de uns amigos. Eles deixaram várias coisas lindas lá em casa no sábado e a mulherada quase decretou falência. 

Para dar um plus no decote, o colar de pedras, que também é novo! 

Jeans e essa sapatilha que tem uma textura super bacana para fechar o visual empolgação.

Blusa Chicletes com Guaraná na Nonemi

Regata preta Zara

Jeans Le Lis Blanc

Relógio Esprit

Óculos Prada

Bolsa Longchamp

Sapatilha Arezzo

*Fotos: Bá (estou adorando tirá-la da cama para eu não pagar mico sozinha na varanda!)

Filed under jeans regata colar Sapatilha preto rosa vermelho

4 notes &

Relembrar é viver…

Acordei meio zumbi hoje por conta de uma noite básica de insônia, então nem me preocupei em caprichar na roupa, muito menos em tirar foto. Isso acontece, né… ou vai dizer que você nunca teve um bad hair day? Enfim, só para não ficar sem nada por aqui, eu resolvi colocar um look do blog antigo (inclusive, pretendo usar algo parecido em breve, quando a temperatura voltar a subir). Esse look tem muitas coisas que eu gosto como o loafer laranja, o óculos verde e o broche prendendo a regata nas costas para ela não ficar tão indecente.

Amanhã estarei de volta com coisas novas! ;)

Hoje eu tive um surto da minha síndrome. Sim, amigos, eu sofro desse mal terrível que é a síndrome de modelo. Os principais sintomas são: 

-curvar os ombros por se achar muito alta e magra (você não é!);

-fazer poses para qualquer foto (só a Bündchen fica bem toda torta);

-fazer carão sempre que está de óculos escuros (esse sintoma é válido, óculos te dá um carão automaticamente);

-vestir roupas recomendadas para pessoas altas e magras.

A calça jeans clara com a barra dobrada é algo “proibido para quem é baixinha e tem pernas grossas”, mas quando a síndrome ataca, não há o que fazer. Por isso, se você tem mais de 1,70m (ah, 1,65m já vale vai) preste muita atenção nesse look, ele é perfeito para você! 

Eu comprei esses “loafers" na quarta feira e estava louca para usá-los, pois havia meses que estava desejando um par desses. Eles não ficam muito bem com a calça comprida e eu não estava afim de mostrar as pernocas, então a síndrome de modelo me atacou. Como a sister estava comigo e disse que estava ok, eu acreditei. A regata é mais uma das gigantes do meu armário o que requer uma outra regata por baixo (se você ainda não tem uma de cada cor dessas regatinhas básicas da Zara, corre!) e o broche segurando as alças nas costas. Mais uma vez um broche salvando a vida da pessoa! Eles são perfeitos por que conseguem esconder ou ajustar peças variadas e ainda são bonitos (nesse caso também deixam um decote bonito), investimento pra uma vida, acredite. Esse é super antigo e eu ganhei naqueles kits de perfume, sabe? Era um J’adore da Dior e veio uma caixa com mil coisas que eu nem me lembro e dois broches, esse e um rosa. (Lição do dia: não subestime as vendedoras de perfume, elas podem estar escondendo coisas maravilhosas e de fato úteis)

O cardigan de coração aparece só no detalhe por que eu só pensei nele quando vi que a temperatura ia cair muito, antes estava focada apenas nesse sol brilhante entrando pela janela. 

Jeans Forum

Regata Têca

Regata azul marinho Zara

Cardigan Têca

Loafers (ou sapato, se você preferir) Arezzo

Relógio Casio

Óculos Modcloth

Broche kit praticamente inútil de perfume da Dior

(publicado originalmente em 23/09/11)

Filed under relembrando jeans regata broche loafer óculos laranja azul marinho