Eu não tô na Vogue

Posts tagged estampa

0 notes &

Delicado, pero no mucho

Trabalhar em casa pode ser muito bom, mas também pode não ser! Como assim? Assim ó: precisa ser muito disciplinada (coisa que eu nunca fui muito, mas já estou reprogramando minha mente rs) e, principalmente, precisa ter um espaço tranquilo e sem muitas interferências (coisa que morando em uma casa com mais 2 mulheres, uma cachorra e o bebê de 2 meses da moça que trabalha aqui não fica muito fácil de ter)! Mas, uma dica que eu sempre vi em diversos sites e programas de tv é: vista-se como se fosse para o escritório, pois isso já muda o seu ânimo. E, bem, é isso que tenho feito nos últimos dias (ou pelo menos na maioria deles).

Estava doida para usar esse cardigan que comprei na Buffalo Exchange, mas SP não estava colaborando até semana passada… Enfim, já estava imaginando um outfit todo básico e sério pra ele, com alguma blusa lisa por baixo, até que cismei que ele precisava de uma estampa para contrastar com as correntinhas e com a cor super neutra. Estampas realmente não vivem no meu guarda roupa (estamos trabalhando para mudar essa situação), mas eis que me deparo com essa camisa florida, toda em tons neutros também! Adorei! Acho que as flores deram uma leveza para as correntes, mas ao mesmo tempo o peso necessário de uma estampa. Ou seja: ficou delicado, mas sem muita fofura. Ah, como o dia também incluiu uma tarde brincando de Hulk com o irmão de 3 anos nada de acessórios para não machucar ninguém (by the way, essa é a parte boa de trabalhar em casa!).

 

Aliás, vocês conseguem ver que o cardigan não tem a ponta em linhas retas, mas sim em uma linha arredondada? Pois bem, esse acabamento suaviza a peça, que já é super “dura” pelas correntes e ombreiras.

Aprendi lá em NY que isso é um ajuste simples e que pode transformar qualquer blazer ou casaqueto em algo mais delicado e feminino (olha o exemplo na foto seguinte)! Legal, né?

Cardigan H&M (comprado na Buffalo Exchange)

Camisa Têca

Jeans Gap

Rasteira Arezzo

Filed under cardigan corrente dica de consultora estampa floral jeans neutro camisa jeans

0 notes &

Nice to meet you Forever 21

Alerta: este post contém fotos péssimas tiradas em provadores feios.


Primeiro dia em NY, não quis nem saber de jet lag! Acordei relativamente cedo e fui fazer o percurso de metrô até o local onde será o curso. Estou hospedada no Brooklyn, por isso levaria cerca de 40 minutos para chegar em Manhattan. Levei mais de uma hora nesse primeiro dia, mas tenho fé que vou parar de me perder no metrô em breve. Apesar de toda empolgação por estar aqui e tal eu fiz uma pequenina besteira: não trouxe guia da cidade! Então, assim que cheguei na porta do prédio do curso não tinha mais nada planejado para o resto do dia! Jênia*, eu sei.

Dei uma olhada no mapa, vi que estava ao lado da Broadway e pensei:

“Por que não ser uma autêntica turista brasileira em NY? Vou pra Times Square!”

Pra quem conhece, ali é repleto de lojas que, em sua maioria, são gigantes. Nessa imensidão de luzes e caixas registradoras ansiosas por turistas eis que me deparo com a famosa Forever 21. Juro que fiquei até emocionada! Hahaha! Seguinte, a última vez que vim para os EUA foi em 2007 e, que eu me lembre, essa loja nem existia. Nos últimos anos ouvi diversos relatos de como essa era a loja mais incrível da estratosfera e morria de curiosidade de conhece-la. Mas, eu tenho sempre uma desconfiança com essas coisas super incríveis que todo mundo ama, pois eu tenho uma alma meio do contra, adoro discordar da maioria.

Acontece que dessa vez a maioria sambou na minha cara, pois eu adorei a Forever! Só pra vocês terem uma ideia, a loja tem 4 andares enormes e eu tomei um susto quando vi o tamanho daquele lugar. Agora, além da quantidade de coisas, obviamente o maior atrativo deles é o preço, pois é ridículo. Ridículo mesmo, do tipo paguei 4 dólares em uma camiseta branca (a minha última havia custado 60 reais na promoção). Apesar das minhas 3 viagens ao provador, acabei levando apenas 5 peças e todas básicas (devo ter provado mais de 30 e de todos os tipos). Abaixo estão algumas fotos, toscamente tiradas naquele provador uó onde as funcionárias ficam gritando e falando palavrões ao invés de te atender. Provei saia mullet, saia longa com tecido transparente por cima, muitas blusinhas e até uma pantalona estampada (na foto).

(essa regata eu comprei e achei rolou um mix de estampas muito interessante com a calça… pena que ela não caiu bem!)

(esse blazer está na wishlist! acabei  pegando o tamanho errado e fiquei com preguiça de voltar para pegar outro quando mudei de andar pois ele estava logo na entrada…)

(me apaixonei por essa estampa, mas não gostei muito do modelo…)

(eu dobrei o forro da saia porque estava desejando muito uma saia transparente, mas fiquei parecendo um balão justamente por causa do tecido transparente por cima…) 

Acabei levando apenas uma camiseta branca, um tricô preto, uma regata ferrugem, uma regata estampada e um blazer meio kimono (essas duas últimas são menos sem graça e eu acabei de tirar mais fotos toscas para mera ilustração).


(acho que não rola ver na foto, mas a parte de trás dela é transparente! <3) 

Emoções a parte, assim como H&M, Topshop e derivadas, a qualidade das roupas é bem contestável. Sinceramente, se você ficou chocada com a mão de obra escrava da Zara não deveria passar nem a 100km da Forever 21, porque ali o bagulho deve ser escravo nível avançado para as coisas poderem custar o que custam. Obviamente os tecidos são todos absolutamente sintéticos o que pra mim, nesse momento, não é interessante já que venho buscando mais qualidade do que quantidade no guarda roupa. O que eu gostei bstante foi da seção de básicos que tem inúmeros modelos de regatas, camisetas e blusas de manga longa de diversas cores (e nessas peças até tem uma porcentagem de algodão). Mas, acho que vale a pena comprar uma coisinha ou outra por ali, especialmente peças que são meros modismos e não precisam durar mais que uma ou duas estações.

Sorry pelo post gigante, mas precisava compartilhar essa experiência! Ia falar de outras lojas, mas elas acabam de ganhar um post novo, porque eu não aguento mais escrever, nem vocês aguentam ler. 

Beijos e até o próximo post!

*Eu sei que gênio é com “g”, essa é apenas uma brincadeirinha de uma amiga que eu acho ótima. 

Filed under NY compras fast fashion forever 21 pantalona saia longa regata blazer estampa tricô