Eu não tô na Vogue

Posts tagged cardigan

0 notes &

Possibilidades

Yep, ontem foi dia dos namorados e eu, que possuo um, passei só! O namorado resolveu aproveitar a ida profissional a Cannes para tirar férias, então, nada de Dia dos Namorados para moá! Sendo assim, comemoramos uns dias antes, mais precisamente quarta feira passada, com um jantar ótemo!

Enquanto esperava o amore mio vir me buscar, tirei fotos do look no hall de entrada do prédio mesmo. Queria muito mostrar, pois estava com o mesmo vestido que usei em uma festa de 15 anos outro dia (em um look mais arrumadinho). Acho legal essa possibilidade de usar a mesma peça em ocasiões totalmente distintas, essa deveria ser a regra básica para comprar coisas novas: de quantas maneiras diferentes você consegue usa-la?

Aliás, estou lendo um livro incrível, “You are what you wear – what your clothes reveal about you” (em tradução literal: Você é o que você veste – o que suas roupas revelam sobre você), e a autora, que é uma psicóloga que trabalha como consultora de imagem, criou uma regrinha para comprar “melhor”. Ela define 4 áreas: formal, noite, trabalho e final de semana, e, quando vai às compras, uma peça nova deve ser versátil o suficiente para ser usada nas 4. Eu, pessoalmente, acho um pouco difícil adequar a maioria das coisas na área “formal”, mas a dica é bem boa para nos fazer pensar melhor na hora de comprar e controlar os impulsos.

Voltando ao look, para deixa-lo mais casual eu desci do salto,  coloquei um cinto mais pesado e simples, um cardigan preto e o meu novo queridinho: o casaco de pelo (apelidado carinhosamente de cachorrão pela minha mãe). Adorei, pois estou in love também com esse vestido! Um achado na Macy’s: último da sua espécie, em promoção e super dentro da minha cartela de cores. 

             

Vestido BCBG Generation

Cardigan Uniqlo

Cachorrão Casaco Zara

Cinto Macy’s

Bota Schutz

Bolsa Longchamp

E aí, gostaram?

Filed under vestido casaco cardigan bota possibilidades dica de consultora compras

0 notes &

Delicado, pero no mucho

Trabalhar em casa pode ser muito bom, mas também pode não ser! Como assim? Assim ó: precisa ser muito disciplinada (coisa que eu nunca fui muito, mas já estou reprogramando minha mente rs) e, principalmente, precisa ter um espaço tranquilo e sem muitas interferências (coisa que morando em uma casa com mais 2 mulheres, uma cachorra e o bebê de 2 meses da moça que trabalha aqui não fica muito fácil de ter)! Mas, uma dica que eu sempre vi em diversos sites e programas de tv é: vista-se como se fosse para o escritório, pois isso já muda o seu ânimo. E, bem, é isso que tenho feito nos últimos dias (ou pelo menos na maioria deles).

Estava doida para usar esse cardigan que comprei na Buffalo Exchange, mas SP não estava colaborando até semana passada… Enfim, já estava imaginando um outfit todo básico e sério pra ele, com alguma blusa lisa por baixo, até que cismei que ele precisava de uma estampa para contrastar com as correntinhas e com a cor super neutra. Estampas realmente não vivem no meu guarda roupa (estamos trabalhando para mudar essa situação), mas eis que me deparo com essa camisa florida, toda em tons neutros também! Adorei! Acho que as flores deram uma leveza para as correntes, mas ao mesmo tempo o peso necessário de uma estampa. Ou seja: ficou delicado, mas sem muita fofura. Ah, como o dia também incluiu uma tarde brincando de Hulk com o irmão de 3 anos nada de acessórios para não machucar ninguém (by the way, essa é a parte boa de trabalhar em casa!).

 

Aliás, vocês conseguem ver que o cardigan não tem a ponta em linhas retas, mas sim em uma linha arredondada? Pois bem, esse acabamento suaviza a peça, que já é super “dura” pelas correntes e ombreiras.

Aprendi lá em NY que isso é um ajuste simples e que pode transformar qualquer blazer ou casaqueto em algo mais delicado e feminino (olha o exemplo na foto seguinte)! Legal, né?

Cardigan H&M (comprado na Buffalo Exchange)

Camisa Têca

Jeans Gap

Rasteira Arezzo

Filed under cardigan corrente dica de consultora estampa floral jeans neutro camisa jeans

13 notes &

Viajando e aprendendo

Como havia comentado no começa da semana, minha mala magnífica de viagem não estava tão magnífica assim. Eu cometi um errinho que nem me pareceu tão grave até chegar lá: não provei nada. Tudo parecia tão combinandinho quando coloquei na mala… Bem, chegando lá eu me decepcionei e vi que nem tudo ficava tão bem com tudo e que o jeans e o shorts que levei estavam muito largos. Para ajudar, levei só 2 cardigans bem fininhos que não foram suficientes para o vento da noite de Buenos Aires e dos aeroportos. Fiquei praticamente um dia inteiro em aeroportos por causa das conexões e, no último, tive que pegar um moletom emprestado do namorado para não congelar. Péssima experiência!

Como foram só 4 dias consegui me virar bem mesmo com as poucas possibilidades, mas se tivesse mais alguns eu estaria perdida! No final, minha ideia de levar os conjuntos foi ótima e super recomendo, mas prove todos os looks antes de embarcar!! E leve sapatos estupidamente confortáveis e práticos, pois também tive problemas com a rasteirinha nova, que ficava escorregando por ter o solado muito liso.  

Não tirei fotos decentes de nenhum look, mas vou colocar algumas fotos em que dá pra ver alguma coisa. 

o problema do shorts foi resolvido com o lenço!

chapéu é um porre para transportar, mas super ajuda a enfrentar um dia inteiro camelando no sol!

enquanto estava calor o decote nas costas foi perfeito, quando começou a anoitecer… nem tanto…

não reparem na cara da gordinha, acho que estava comendo um chocolate nesse momento. Essa saia também não foi uma boa pedida porque, bem, já falei do vento, né?

último dia, depois do frio da noite anterior, eu resolvi colocar jeans. WRONG. Fritei durante o dia…

Ah, aproveitando que estou falando da viagem, só tenho uma dica de lugar absolutamente indispensável para todas as mulheres que visitam Bs As: TODOMODA. Imagina a Accessorize com preços da 25 de Março! Eu e a Mari ficamos mais de uma hora dentro da loja, o que deixou o namorado bem irritado. Mas depois arranjamos uma cia pra ele até deixou a gente entrar na Zara. Aliás, se o seu cartão de crédito é de chip tenha certeza de que ele funciona só co ma tarja magnética, pois não existem máquinas com chip nem em Buenos, nem em Montevideo, nem em Assunción (todos os aeroportos em que estive nesses meros 4 dias).  

Filed under viagem vestido saia Lenço chapéu mala cardigan rasteira jeans

0 notes &

Sem sucumbir ao cinza

Tudo bem, eu já superei o fato de que estava tomando sol na piscina no sábado e hoje tive que vestir meia calça e casaco. O único problema é que eu enfiei minhas malhas em um saco a vácuo no fundo do armário durante a arrumação, pois pensei que não veria mais frio esse ano. Preguiça super de desarrumar a única coisa que já está arrumada, então, improviso! Cardigan por cima do vestido e trench coat para proteger da chuva, por que não basta estar frio, tem que chover.

 

Não sucumbi ao dia cinza e mandei ver no vestido colorido. Ia até trocar de bolsa, mas achei que a laranja estava cumprindo seu dever de peça “básica” ao ser combinada com o restante.

Vestido Laundry

Cardigan Zara

Trench coat Zara Kids

Colar Feirinha do Bixiga

Bolsa Longchamp

Bota Arezzo

Filed under vestido cardigan trench coat colar bota