Eu não tô na Vogue

Posts tagged camisa

0 notes &

Festa junina inspired

Não tem jeito, camisa xadrez combinada com bota, para mim, é sinônimo de festa junina! Mesmo assim, essa é a roupa de hoje! Essa camisa estava encostada há meses no meu armário e hoje eu resolvi que tinha que usa-la de qualquer jeito. Para ajudar a deixa-la menos xadrez a solução foi a sobreposição.

Vi a Kelly do The Glamourai usando uma sobreposição de tricô curto com camisa mais comprida e fiquei apaixonada! Achei que só funcionava nela por ela ser super magrinha, mas, aproveitando dia de quebra de preconceitos, resolvi tentar. Acabei gostando do resultado, apesar de saber dos “problemas visuais” que essa roupa provoca na minha silhueta (e que eu não vou contar, mas é fácil vai gente, exercitem o olhar! hahaha). Mas eu acho isso super interessante, pois sei exatamente o que acontece, mas assumo esse risco, pois é assim que eu me sinto bem hoje. Acho que essa consciência nos dá liberdade de tentar, arriscar e, algumas vezes, acertar no look. Por isso que eu odeio aquela pegada “Esquadrão da moda”: você NUNCA pode usar isso, ou você SÓ PODE usar isso, por que isso não é real! Desde que você saiba o que está fazendo, tudo bem! E outra, como diz a Fê da Oficina de Estilo: “é só roupa, ninguém vai morrer se você ‘errar’ no look!”

Ai, não posso deixar de falar da minha bota linda-nova-bapho! Segundo o namorado, ela é de festa junina, mas tem tachinhas. Enfim, geralmente eu odeio usar bota com calça, mas como ela tem o bico fino dá uma alongada e parece até que eu tô usando salto!  

Camisa Gap

Tricô Forever 21

Jeans Gap

Colar Todo Moda (Buenos Aires)

Óculos Urban Outfitters

Bota Schutz

Ah! Esse final de semana tenho uma festa de 15 anos, daí semana que vem vou fazer um post com o look do casamento na praia da semana passada e o dessa festa! ;)

Filed under jeans bota camisa tricô festa junina consciência dica de consultora auto estima

0 notes &

Delicado, pero no mucho

Trabalhar em casa pode ser muito bom, mas também pode não ser! Como assim? Assim ó: precisa ser muito disciplinada (coisa que eu nunca fui muito, mas já estou reprogramando minha mente rs) e, principalmente, precisa ter um espaço tranquilo e sem muitas interferências (coisa que morando em uma casa com mais 2 mulheres, uma cachorra e o bebê de 2 meses da moça que trabalha aqui não fica muito fácil de ter)! Mas, uma dica que eu sempre vi em diversos sites e programas de tv é: vista-se como se fosse para o escritório, pois isso já muda o seu ânimo. E, bem, é isso que tenho feito nos últimos dias (ou pelo menos na maioria deles).

Estava doida para usar esse cardigan que comprei na Buffalo Exchange, mas SP não estava colaborando até semana passada… Enfim, já estava imaginando um outfit todo básico e sério pra ele, com alguma blusa lisa por baixo, até que cismei que ele precisava de uma estampa para contrastar com as correntinhas e com a cor super neutra. Estampas realmente não vivem no meu guarda roupa (estamos trabalhando para mudar essa situação), mas eis que me deparo com essa camisa florida, toda em tons neutros também! Adorei! Acho que as flores deram uma leveza para as correntes, mas ao mesmo tempo o peso necessário de uma estampa. Ou seja: ficou delicado, mas sem muita fofura. Ah, como o dia também incluiu uma tarde brincando de Hulk com o irmão de 3 anos nada de acessórios para não machucar ninguém (by the way, essa é a parte boa de trabalhar em casa!).

 

Aliás, vocês conseguem ver que o cardigan não tem a ponta em linhas retas, mas sim em uma linha arredondada? Pois bem, esse acabamento suaviza a peça, que já é super “dura” pelas correntes e ombreiras.

Aprendi lá em NY que isso é um ajuste simples e que pode transformar qualquer blazer ou casaqueto em algo mais delicado e feminino (olha o exemplo na foto seguinte)! Legal, né?

Cardigan H&M (comprado na Buffalo Exchange)

Camisa Têca

Jeans Gap

Rasteira Arezzo

Filed under cardigan corrente dica de consultora estampa floral jeans neutro camisa jeans

0 notes &

Retomando a vida…

Já faz quase duas semanas que voltei de NY, então chega de preguiça, né meu povo? De volta aos dias com looks (com roupas novas)!

Agora que sou uma pessoa sem carro preciso pensar em um detalhe crucial antes de sair de minha residência: o sapato. Eu sei que muita gente vive sem carro, mas eu, por sorte, sempre tive algum disponível na garagem por isso essa é a primeira vez que eu enfrento São Paulo sem rodas. E, diferentemente de NY ou Paris, Sampa não foi planejada para quem não tem carro, o que significa andar muito até achar um ponto de ônibus ou uma estação de metrô (estou evitando pegar taxi para não me acomodar). Abracei o desafio da mobilidade, assim como a minha amiga Raquel Renovatto, e vamos que vamos! Mas, como eu ainda sou nova nesse negócio, hoje arrisquei meus calcanhares usando meu novo loafer. O laranja da Arezzo machuca muito, mas seu irmão americano não me decepcionou e acabou de se tornar uma boa opção no meu guarda roupa.

Vamos ao resto do outfit… A camisa sem mangas listrada de roxo e vermelho foi uma compra arriscada porque depois de dar o nó ela fica super curta, mas eu tinha gostado muito, ela custava 15 dólares e era uma das poucas peças da Forever 21 que é 100% algodão (ao invés de plástico). Uma boa solução que eu encontrei para não ficar com a barriga de fora é usa-la com peças de cintura alta, que é o caso dessa saia. 

E a bolsa amarela (minha nova queridinha) deu uma luz ao visual nesse dia (que começou) tão ensolarado! 

Camisa Forever 21

Saia Aritzia

Pulseiras: trança feirinha de San Telmo (Buenos Aires) e a de seda preta é Marina Pecoraro (aquela que eu falei no post sobre compras em NY!)

Colar eu não lembro!

Óculos Beacon’s closet

Bolsa H&M

Loafer Steve Madden

Filed under loafer saia camisa listras óculos amarelo preto

4 notes &

Camisa saia, por Débora Andreucci

Sei que andei sumida, e já conto mais sobre isso logo mais, acontece que eu precisava postar o quanto antes essa colaboração da Dé Andreucci! A Dé é uma das gêmeas que apareceram aqui outro dia, lembra? Como eu disse na ocasião, a dupla tem um estilo muito bacana e ontem a Débora simplesmente ARRASOU! Mas assim, ela não arrasou só no look, ela também fotografou um passo a passo da incrível camisa que virou saia! Gente, nem consigo descrever minha emoção ao abrir esse e-mail. Me tornei ainda mais fã da bonita! Aproveitem para se inspirar e, se alguém copiar, manda pra gente ver! :)

Sábado acordei e o dia estava lindo, sol e céu azul, o que me inspirou muito e me fez querer usar um look diferente porém confortável. Foi aí que eu tive uma brilhante ideia.
Uma das únicas peças vintage que salvei do armário da minha mãe foi uma camisa com estampa geométrica de cetim grosso, porém ela estava um pouco grande em mim, mas como tenho muito apego a ela matutei sobre o que faria, e, finalmente cheguei a uma conclusão: vou transformá-la numa saia - isso mesmo, sem cortar e/ou costurar.
É muito simples, vamos ao passo-a-passo:

1. Vestir a camisa pela gola como se fosse uma saia mesmo (o ideal é ser uma camisa grande, 1 ou 2 números maior do que você usa)

2. Abotoar os botões da camisa até o que ficar mais confortável para você, não muito apertado a ponto de te sufocar e não tão largo a ponto de cair a saia


3. Na parte de trás esconder a gola da camisa para dentro, ela geralmente vai até a lateral


4. Ajeite a gola escondida dentro para que nao fiquei embolado e parecer do lado de fora que você está de fralda, rsrsrs


5. Pronto, a parte de trás fcará assim, retinha e bem acabada


6. Vamos para a parte das mangas, o que fazer com elas?


7. Pegue as mangas e estique para frente e para baixo, cruzando elas (o mais importante aqui é que na parte das axilas da manga não fiquei um “v” fazendo um bico)


8. Dê 2 nós na manga, como se estivesse amarrando um casaco na cintura mesmo


9. E “voilá”! A sua linda saia de camisa está pronta.


10. Para dar um acabamento legal na cintura a minha dica é colocar uma blusinha mais soltinha por dentro e tirar um pouquinho pra fora, para dar o efeito de caidinha por cima, fica lindo!

Gostaram meninas? Espero que tenha explicado de uma forma fácil e que vocês consigam fazer também. É só usar a criatividade e sair bela para passear <3

Ah! Tivemos outra adaptação de camisa em tomara que caia outro dia com a colaboração da Dani Cavalcanti. Se você também inovou no look (não só com camisas, qualquer peça vale) e está super orgulhosa do seu look, manda pra gente: eunaotonavogue@gmail.com ;)

Filed under colaboração camisa inspiração amarração saia passo a passo

8 notes &

Colaboração (em dupla) do dia: Bia e Débora Andreucci

Hoje rola uma participação mais do que incrível por aqui… a Bia e a Débora Andreucci que, além de serem gêmeas, têm um estilo (ou dois?) muuuuito bacana! Conheci as duas em um aniversário de uma amiga em comum (na verdade trabalhava na mesma agência que a Bia mil anos atrás, mas nunca tínhamos nos falado) e encho o saco delas desde então para que elas colaborassem com o Eu não tô na vogue. Ontem, elas aproveitaram a ida ao São Paulo Fashion Week e mandaram seus looks. A Bia arrasou na camisa transparente com um nó (será mania de Beatriz?) e a Débora na saia longa bordô: mais trendy que essa dupla impossível! A seguir, confiram as fotinhos e a dica de ouro que elas mandaram.

Nós fomos ontem ao SPFW assistir ao desfile da Cori, e lá é aquela coisa, todo mundo escolhe a melhor roupa do armário e se monta toda, para ver e ser vista. Então o desafio foi como escolher uma roupa mais arrumada do nosso super armário moderno (risos!) sem parecer uma árvore de natal. E está ai um resultado e uma dica bacana, não tente juntar tudo que você tem de legal em um look só, para não errar use aquela peça que você está acostumada a usar no dia a dia e incremente com poucos acessórios, se quiser pode fazer um charme com um batom legal ou um nó na camisa ;)

Bia Andreucci 

Blusa H&M

 Calça não lembro

Bota Modateca

Anéis Urban Outfitters

Bolsa Longchamp

Dé Andreucci

Blusa Animale

Saia American Apparel

Sandália New Order

Colar Complot

Bolsa H&M

Ah, não podia deixar de falar que a dupla (junto com a irmã mais velha delas) é responsável pela Inspiration Page, lá no Facebook. Lá é possível encontrar milhares de imagens para inspirar seu estilo, sua casa… enfim, inspirações de todos os gêneros! Sempre tem muita novidade e coisa bacana, super vale o “like” :)

Filed under colaboração camisa transparente Calça preta bota saia rasteira colar

1 note &

Colaboração (inovadora) do dia: Dani Cavalcanti

Gente, colaboração nova hoje! Estava saindo para almoçar e AMEI quando vi que a blusa que a Dani, estagiária daqui da agência, estava usando era uma camisa! Já tinha visto aquele famoso vídeo da menina magrela fazendo diversas amarrações, mas pensei: “Ok, só quem pesa 23kg consegue usar isso”, e eis que eu estava bem errada. A Dani, assim como eu, é baixinha e tem mais de 23kg, mas tem um super estilo incrível e mais do que ARRASOU nesse look. Vejam abaixo o por quê da inovação… ;)


Eu comprei essa camisa na liquidação da American Apparel e como só tinha tamanho G, acabei levando mesmo para usar como vestido. Acontece que, como eu sou baixinha, a manga ficou super comprida, aí fiquei pensando numa forma de usar ela. Acho que ficou legal porque é verão e acabou ficando um desleixadinho gostoso. Verão super combina com roupa confortável, né?


Filed under colaboração camisa amarração inovação

6 notes &

Essentials - The Perfect 10

Fazendo compras (mais do que nunca) imaginárias no Net-a-porter, me deparei com uma seção muito interessante, a de “Essentials”. Já estava em um momento de busca por peças essenciais para o meu guarda roupa, mas depois do workshop ficou ainda mais claro a necessidade de termos determinadas peças. Adorei a lista do Net-a-porter e fiz a minha seleção dentre as opções que eles disponibilizam. Descobri que a Miu Miu é minha alma gêmea. Triste, pois sei lá eu quando eu vou poder adquirir um suéter de 485 dólares… Mas, enquanto compramos as versões de 49,90 da Zara, vale usar essa listinha como referência.

#1 - Shirt: camisa de crepe de seda, T by Alexander Wang

#2 – Knits: suéter de cashmere e seda, Miu Miu

#3 – Jeans: bootcut, Citizens of Humanity

#4 – Leather jacket: Theory

#5 – Classic bag: Proenza Schouler

#6 – Flats: couro metalizado, Chloé

#7 – The Blazer: de lã, Stella Mccartney

#8 – The Trench: algodão acetinado, Burberry

#9 – Jersey basics: I) regata preta, T by Alexander Wang; II) vestido, Thakoon Addition

#10 – The Underpinning: seria a ‘base’ da roupa, lingerie e camisetes, mas eu não curti nada do site. O meu essential nesse caso seriam aqueles shortinhos que ajudam pra caramba quando o vestido/saia são de um tecido muito fino e marcam até…. mas sem compressão para não marcar as gordurinhas, né!

Filed under essentials camisa blazer trench coat jeans regata vestido Sapatilha jaqueta de couro net-a-porter suéter

2 notes &

(sem) cores

Amanhã é o terceiro dia do meu workshop com as meninas da Oficina de Estilo, e o legal do curso é perceber melhor o seu estilo e o seu guarda roupa. Dessa maneira, você cria uma consciência na hora de se vestir que consegue mostrar exatamente aquilo que você quer passar para os outros. Com os exercícios é possível perceber coisas que nem imaginávamos. Eu achava que já tinha super consciência do meu modo de me vestir, mas eis que a última lição de casa me revela uma interessante surpresa.

Tínhamos que colocar em prática o que foi visto na última aula: cores. Durante a aula recebemos uma palheta com as cores que realçam a nossa coloração de pele, que já que não temos como mudar (a não ser que você seja o Michael Jackson ou a Donatela Versace), deve trabalhar a nosso favor. É impressionante como as cores realmente têm o poder de transformar uma pessoa!

Anyway, cheguei em casa com a minha cartelinha repleta de cores bonitas e comecei a procurar peças para compor os 3 looks da lição. Surpresa: eu ao tenho roupas coloridas! Na verdade, eu só tinha uma blusa que estava na cor da cartela, que por acaso era a que eu estava vestindo. Aliás, não é que eu não tenha nada colorido, eu não tenho é variedade de cores no armário. Comecei a reparar que tenho muita coisa azul, preto e algumas outras cores perdidas que não estão na cartela. Mas, como a Fê disse, ninguém precisa cortar os pulsos, é só roupa, por isso fiz o que pude com as peças disponíveis.

Ah, um dos meus objetivos é diferenciar o meu modo de me vestir para o trabalho e para lazer. Ok, eu trabalho em agência e não existe dress code, mas eu sinto que preciso um pouco disso. Então, o primeiro look é o que eu usei segunda feira, um pouco mais arrumadinha, de salto (!), e com contrastes de cores.

Já o segundo look é o de hoje, também azul, mas com mistura de estampas para não ficar totalmente boring. A regata de cisnes já é meio velhinha e eu uso super pouco, mas acho que fica bem bacana com a camisa listrada. O toque de cor fica por conta da sapatilha rosa e outros detalhes, como os brincos, anéis e relógio, dão uma outra cara para esse momento tão azulado.

Aliás, adoro colocar esse brincão com roupas simples, fica o perfeito “hi-lo” (odeio esses nomes, mas ok). Outro dia foi engraçado que uma vendedora ficou me olhando vidrada e veio elogiar o brinco, quando eu falei que era da Accessorize ela até voltou a respirar, pois tinha achado que era ‘de verdade’. Hahahaha! Até comecei a ficar com um medinho de usá-lo, vai que um ladrão também acha que é de brilhantes, né? Mas hoje esqueci desse fato e adorei o contraste.

Bueno, amanhã tem aula de novo e vamos ver um pouco sobre silhuetas. Estou super ansiosa, pois acho que vai ser bem esclarecedor pra mim. Depois eu conto como foi!  ;)

Outfit #1

Blusa Zara

Calça Iódice

Colar esqueci o nome da marca!

Sapato Arezzo

Outfit #2

Regata Salinas

Camisa Le Lis Blanc

Jeans Armani Exchange

Brinco Accessorize

Anel feirinha em Barcelona

Relógio Esprit

Bolsa Gap

Sapatilha Arezzo

Filed under cor azul Oficina de estilo jeans salto camisa regata preto sapatilha brinco anel