Eu não tô na Vogue

Posts tagged beleza

1 note &

Aprisionadas ao passado

Provavelmente uma das coisas mais difíceis da vida são as mudanças. Ao mesmo tempo, elas são aquilo que fazem a nossa existência ser ultra interessante. Já pensou se você vivesse presa na mesma rotina desde o dia que nasceu? Seria terrível! Por isso, somos seres que precisam de mudanças. Acontece que nem sempre as aceitamos logo de cara, o que pode vir a se tornar um grande empecilho no nosso dia a dia.

Conheci recentemente duas mulheres que tinham um grande problema em aceitar que suas vidas, rotinas e corpos haviam mudado depois que se tornaram mães e isso me fez parar para pensar em como temos dificuldade em aceitar determinadas coisas, especialmente no que diz respeito ao nosso corpo e estilo. Ambas estavam presas à imagem daquilo que eram antes dos filhos e ficaram muito incomodadas quando eu mencionei que elas deveriam se adaptar a essa nova fase da vida. Me lembro que eu também já passei por isso, não com filhos, mas com um novo peso. Lembram que eu comentei sobre minha mudança de estilo durante meu intercâmbio aos 16 anos? Pois bem, meu visual tornou-se insustentável não apenas por causa da nova rotina, mas também por causa do novo peso, eu engordei 13 quilos em menos de 3 meses. A menina bonitinha que só usava saias passou a ter vergonha de suas pernas e seu manequim passou de 38 a 44.

É preciso coragem para crescer e se tornar quem você realmente é" - E.E. Cummings

Não foi nem um pouco fácil e eu passei anos lutando contra a balança. Fiz todo tipo de dieta, exercício e até tomei remédios, mas depois que emagrecia sempre acabava ganhando novamente alguns quilos. Há cerca de 1 ano eu emagreci um pouco após um período de grande estresse e vi que estava bem. Algumas roupas voltaram a caber, e as que não voltaram, eu mandei embora, pois eu cansei de me torturar olhando para aquelas coisas de quando eu pesava 10 quilos a menos. Resolvi me aceitar com todos os defeitos e qualidades que, obviamente, eu ainda possuo. Por quê? Por que eu evoluí. Eu cresci e assimilei duas coisas: primeira, eu amo comer e, segunda, eu odeio praticar exercícios. Portanto, é assim, nenhum milagre vai acontecer, mas eu aceito isso. Não vou mentir dizendo que não espero o dia em que algo natural e milagroso vá surgir e me fazer emagrecer dormindo, mas minha vida não depende mais disso, pois eu estou bem comigo mesma e defini outras prioridades para a minha vida. Ainda acho que deveria praticar exercícios por uma questão de saúde, mas isso é outro assunto…

Não acho que as pessoas devam simplesmente engordar, por exemplo, e se acostumar com isso, mas elas precisam ter metas reais. Se eu como e não malho, é um pouco óbvio que não vou emagrecer, mas ok, eu sei disso e vou trabalhar com aquilo que sou nesse momento. Já ouvi muita gente dizer que não compraria roupas novas que se adequem ao seu novo estilo de vida, pois elas ainda vão voltar a ser aquilo que eram. Acho esse o pior dos enganos, já que considero impossível voltarmos a ser aquilo que já fomos um dia. Não tem aquela história que nunca nos banhamos na mesma água de um rio, pois nunca é a mesma água? Então, no caso do peso, você pode até emagrecer, mas nunca mais será aquela mesma pessoa, pois já terá passado por tantos desafios que será uma pessoa diferente, evoluída, com novos gostos e objetivos.

No caso de quem tem filho isso  é ainda mais real, pois a mulher não voltará a ser uma “não-mãe”, ela pode emagrecer o que engordou durante a gravidez, mas sua vida é diferente agora, e seu guarda roupa deve acompanha-la. O mesmo vale para mudanças de emprego, cidade, país e até namorado ou marido! Vivemos em constante evolução porque isso é a vida. E ficar vivendo no passado só torna as coisas muito mais difíceis. Então, que tal dar uma olhada no espelho e ver quem você é hoje? Essa tarefa não é fácil, mas é super rica e pode ajudar muito na hora de definir qual é a sua mensagem para o mundo. E, lembre-se, a consultoria de imagem pode dar um belo help nesse momento de aceitação. ;)

Filed under beleza auto estima estilo mudança consciência consultoria de imagem